quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Saia do quintal de si mesmo e descubra o jardim... Obrigada Drummond!

O amor está ao nosso lado... eu abri meus olhos e te encontrei

...para todo o sempre...
Tão lindo e puro como as flores, perfumado como as rosas vermelhas e nem tão cheio de espinhos como todos dizem... "Eu aceitei o desafio, estou aqui me declarando..." É tão bom sentir de novo esse frio na barriga, as mãos trêmulas, a voz suave... O amor tem dessas coisas, ele é doce, surpreendente, maravilhoso. Não deixe que os outros falem que não vale a pena tentar, esteja disposto, o seu coração não é seu? Pois bem, largue a voz de vítima, sozinha (o) e se entregue ao seu amor. "... Mais que uma amiga eu quero ser sua namorada..."Venha vamos enlouquecer nos poemas de Drummond, nos romances de José de Alencar (na sua minúcia de detalhes), vamos fugir pra ver o sol, escrever cartas, ler nos olhos, acreditar no nosso futuro... "A vida é agora, vê se não demora. Pra recomeçar é só ter vontade de felicidade de pular...".

E as regras da amizade colorida? hahaha... eu disse que valia a pena quando a alma não é pequena e quando há reciprocidade. A amizade de tempos de escola se faz amante em tempos de pós-universidade, e ambos agora só restam acreditar no amor.

As orações estão sendo feitas, logo logo estaremos juntos...

Um comentário:

Folhetim Cultural disse...

Olá se recorda de mim? É o Magno Oliveira do Blog Folhetim Cultural, há muito tempo não lhe visito e eu também a ti, como anda seu blog? O Folhetim Cultural a cada dia crescendo. Agora temos espaço para contos, poesias, crônicas, charges e muitas outras coisas que espero que goste.

Blog: informativofolhetimcultural.blogspot.com
E-mail: folhetimcultural@hotmail.com
o Blog agora tem até twitter: twitter.com/folhetimcultura ou @folhetimcultura

Espero por ti abraços!